segunda-feira, 26 de maio de 2014

Oferta de disciplinas 2014/2


Ofertas de disciplinas em Filosofia Antiga e Medieval
Departamento de Filosofia / UFMG
Segundo semestre / 2014


Graduação / Diurno

FIL036 - História da Filosofia Grega II
Prof. Fernando Rey Puente
Terça-feira e quinta-feira, 9:30-11:10h
60 horas/aula, 4 créditos

FIL005 - Seminário de Filosofia Grega
Profa. Maria Cecilia de M. N. Coelho
Segunda-feira e quarta-feira, 7:30-9:10h
60 horas/aula, 4 créditos
FIL204 – Tópicos em Filosofia Grega : Ceticismo
Prof. José Raimundo Maia Neto
Segunda-feira e quarta-feira, 9:30-11:10h
60 horas/aula, 4 créditos

Graduação / Noturno

FIL068 - Pratica de Pesquisa II: Leitura de textos de Filosofia Antiga
Profa. Miriam C. D. Peixoto
Segunda-feira e quarta-feira, 19:00-20:40h
60 horas/aula, 4 créditos

FIL002 - História da Filosofia Medieval
Prof. Ernesto F. Perini
Terça-feira e quinta-feira, 19:00-20:40h
60 horas/aula, 4 créditos

Grupo de Estudo
FIL049 - Tópicos em  Filosofia II: O canon dos 10 oradores áticos
Profa. Maria Cecilia DE M. N. COELHO
Segunda-feira, 16 :30-18 :30h
30 horas/aula, 2 créditos 

Pós-Graduação / Tarde
Tópicos Especiais em Filosofia Medieval: Doutrinas do Intelecto na Filosofia Arabe
Prof. Tadeu M. Verza
Segunda-feira, 14:00-18:00h
60 horas/aula , 4 créditos

Seminário da Linha de Pesquisa: Vocabulário da Filosofia Antiga
Profa. Miriam C. D. Peixoto
Sexta-feira, 14:00-18:00h
60 horas/aula , 4 créditos

quarta-feira, 21 de maio de 2014


Encontro de literatura analisa a influência de Alexandre, O Grande

quarta-feira, 21 de maio de 2014 - Fonte: https://www.ufmg.br/online/arquivos/033359.shtml 


O 3º Seminário de Literatura Helenística e Latina do Núcleo de Estudos Antigos e Medievais (Neam) aborda, na próxima quarta-feira, dia 28, a vida do mais célebre conquistador do mundo antigo, Alexandre, o Grande. O evento começa às 11h na sala 2001 da Faculdade de Letras, sob coordenação do professor Olimar Flores-Júnior.
O seminário é aberto ao público e dispensa inscrição prévia. Haverá certificação para os participantes. Mais informações pelo e-mail neamufmg@gmail.com.

Confira a programação:

Das 11h às 12h - Vidas de Alexandre: anotações sobre o mito alexandrino, da Antiguidade aos nossos dias. O tema será conduzido pelo professor José Antônio Dabdab Trabulsi, do Departamento de História da UFMG. Trabulsi é doutor em História pela Université de Besançon (França) e especialista em historiografia e política.

Das 14h30 às 15h30 - Alexandre no principado romano: uma leitura de Quinto Cúrcio. O conferencista será Fábio Faversani, professor da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), doutor em História Econômica pela Universidade de São Paulo (USP) e presidente da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC).

Das 15h30 às 16h30 - Alexandre na literatura e o romance de Alexandre, ministrada por Jacyntho Lins Brandão, professor da Fale. Brandão é doutor em Letras Clássicas pela USP e sócio-fundador da SBEC. Seus principais trabalhos compreendem as áreas de literatura, língua e filosofia da Grécia Antiga.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Defesa de Dissertaçao de Mestrado


Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Universidade Federal de Minas Gerais

Defesa de dissertação de mestrado
Linha de Pesquisa em Filosofia Antiga e Medieval

 

O Saber do Outro
Flávia V. Resende


       Quinta-feira, dia  22 de maio de 2014
Sala da Congregação,  1o. andar  da  FAFICH
Campus da UFMG
  

RESUMO

Esta dissertação de Mestrado tem por objetivo mitigar a crítica que Platão faz, nos livros I e II da República, à poesia e à sofística, potências educadoras e grandes depositárias dos valores e ensinamentos éticos da sociedade grega, para mostrar que o filósofo, apesar das censuras a estes saberes, tidos por ele como incapazes de promover a justiça na cidade, utiliza dos mesmos para construir o discurso filosófico sobre esta virtude. Com isso, pretendemos mostrar que a filosofia platônica não pode ser vista como algo absoluto e atemporal, apartada da cidade, como ficou estigmatizada no imaginário ocidental. Muito pelo contrário, acreditamos que a cultura é a fonte mesma do saber filosófico, sendo a filosofia platônica fruto de um profundo diálogo do filósofo com sua tradição.


PALAVRAS CHAVE
Platão. República. Poesia. Sofística. Diálogo. Justiça.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Defesa de dissertação

Programa de Pós-Graduação em Filosofia - UFMG
Defesa de Dissertação de Mestrado



O deus artesão: 
o papel do demiurgo no Timeu de Platão.
  João L. S. Manini
Sexta-feira, dia 16 de maio de 2014, às 14:00h
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas
Campus da UFMG 
Resumo     O presente trabalho objetiva analisar a figura mítica do demiurgo no Timeude Platão. Para cumprir este objetivo, partimos de uma análise do diálogo como um todo, visando compreender a significação filosófica do deus artesão em sua relação com os outros elementos expostos durante a narrativa, a saber, deuses menores, alma do mundo, necessidade, receptáculo. Argumentamos que o demiurgo opera como representante metafórico de um princípio inteligente suposto no mundo ordenado, apresentado no diálogo como causa primária da geração do cosmo. Para sustentar nossa hipótese, investigamos o proêmio que circunscreve o discurso da personagem a um mito verossímil.  Também apreciamos as possibilidades de leitura literal ou não literal do Timeu, assim como indicamos as tradições de saber cosmológico com as quais Platão dialoga ao estabelecer um princípio inteligente como fundamento primeiro do devir. Nossa pesquisa reverbera ainda na inevitável reflexão sobre a importância das formas para o pensamento de Platão mesmo em seu período de produção mais tardia, como parece indicar o Timeu.

Jacyntho Lins Brandão é eleito para a Academia Mineira de Letras Professor de língua e literatura grega, que assumiu a cadeira 25, publ...